Publicidade

8 de abril de 2011

Massacre em escola do Rio de Janeiro deixa 12 mortos


 A manhã do dia do jornalista começou turbulenta para os que vivem de noticiar fatos muitas vezes trágicos, como o de ontem, 07 de abril de 2011. Um jovem de 23 anos, sob o pretexto de palestrar, entrou numa escola em Realengo, Zona Oeste do Rio de Janeiro e abriu fogo contra os alunos. Na sequência foi baleado nas pernas por um policial e acabou atirando contra a própria cabeça.
Wellington Menezes de Oliveira, ex-aluno da Escola Municipal Tasso da Silveira entrou no colégio dizendo que ia dar uma palestra por conta da comemoração dos 40 anos da instituição, mas ao entrar em uma das salas sacou duas armas e disparou vários tiros nas crianças e adolescentes que assistiam à aula. Segundo sobreviventes, ele escolhia as vítimas, na maioria meninas entre 12 e 14 anos, mandava virar de costas e atirava, principalmente na cabeça e no tórax. 12 pessoas morreram, incluindo o atirador e 18 ficaram feridas, 10 permanecem internadas, 4 em estado grave.
O assassino, segundo informações, carregava as armas muito rapidamente, pois usava um equipamento chamado speedloader, que ajudava a carregar de uma só vez, mas no curto intervalo algumas crianças conseguiram fugir para o terceiro andar do colégio onde, com a ajuda de professores, se protegeram. Um garoto conseguiu pedir ajuda a policiais que participavam de uma blitz perto da escola, entre eles o sargento da Polícia Militar Márcio Alves, que baleou as pernas de Wellington e na sequência ele se matou dando fim ao desespero de alunos e funcionários da escola. Foi encontrada uma carta com ele com palavras confusas, mas que indicavam que o mesmo pretendia cometer suicídio.
Feridos foram levados ao hospital estadual Albert Schweitzer, que fica no mesmo bairro do colégio, por ambulâncias e com ajuda de populares que se solidarizaram com a tragédia. Casos mais graves foram transferidos para outros hospitais. A escola vai ficar interditada até conclusão da perícia.


Imagem: Disponível no site G1

Silvana Pereira
Publicidades