Publicidade

quinta-feira, 18 de março de 2010

SOBRE A ILHA

ILHA DE BOM JESUS DOS PASSOS - SALVADOR - BAHIA

Descrição

Em meio a manguezais e floresta densa, entre as ilhas de Madre de Deus e dos Frades, a ilha de Bom Jesus desenha um belo cenário tendo, ao fundo, a Igreja de Bom Jesus dos Passos. O mar, de um vasto azul e águas calmas, é ideal para pesca e para a prática de esportes náuticos.

A ilha possui basicamente 4 praias proprícias para banho, que são: praia da Pontinha, a praia em frente a igreja, a praia do Nordeste e a praia na Ponta do Padre (na verdade ao lado do cais de xico). A ilha também dispõe de uma ampla área para camping.
Apesar do quase desconhecimento de grande população soteropolitana, a Ilha de Bom Jesus dos Passos faz parte de Salvador. Localizada entre as ilhas dos Frades e Madre de Deus, o único acesso a Bom Jesus dos Passos se dá pelo mar, através de embarcações marítimas que partem do município de Madre de Deus, que fica há 65 km de Salvador. A população de Bom Jesus dos Passos, cerca de 4 mil pessoas, só começou a desfrutar de energia elétrica no ano 2000; água encanada é praticamente uma novidade, só chegou há apenas três anos.

Vale a pena o desembarque para andar nas ruas sossegadas, onde a população vive basicamente de pesca e da carpintaria. É interessante visitar o solar dos Duarte, as fontes da Rua, do Porrãozinho e Grande, e a Capela de Nossa Senhora de Conceição.

São justamente essas características que fazem de Bom Jesus dos Passos uma vila de pescadores tradicional, conservando características culturais que apresentam traços tanto do recôncavo baiano, quanto da singularidade dos festejos populares cristãos que marcam o calendário da ilha.

"Escondida como uma pérola numa concha com suas belezas naturais fascinantes", assim descreve Rita Freire.

Tradição
A imagem das casas seculares, de arquitetura simples e carregadas de história, está presente na ilha de Bom Jesus dos Passos

O pescador e das jangadas e veleiros, que caracterizam a tradicional atividade econômica da ilha, a pesca. Assim como é nas vilas do recôncavo baiano, em Bom Jesus dos Passos também há as senhoras rendeiras e mariscadeiras, que carregam consigo o dom e o conhecimento transmitido por gerações.


Religiosidade


A característica cultural marcante de Bom Jesus dos Passos é, certamente, a sua religiosidade. As principais festas do calendário da ilha são a do Senhor Bom Jesus dos Passos, no dia 11 de janeiro, esperada através de cortejos e novenas que a antecedem; e a procissão marítima de Nossa Senhora dos Navegantes, que acontece logo no dia seguinte, 12 de janeiro, que atualmente passou a ser celebrados no segunda sábado do mês de Janeiro. Nesta época a ilha recebe visitantes de toda parte do país, que não se incomodam se acomodar em barracas de camping, já que na cidade há apenas duas modestas pousadas.


Figuras ilustres


O mais conhecido, o cantor e compósito Gerônimo, foi lembrado por não abandonar o seu berço e há cinco anos realizar o projeto "O pagador de promessas", que leva espetáculos musicais e culturais para a ilha.

Não menos importante e ilustre para os habitantes de Bom Jesus dos Passos é o artista plástico Izolino Passos, que além das suas reconhecidas esculturas e pinturas a óleo, foi o idealizador do tradicional "Ternos de Reis", dos blocos carnavalescos e das "caretas do carnaval". Os "Ternos dos Reis" são vestimentas ornadas para o carnaval; as "caretas do carnaval" é a tradição, que começou através do artista plástico, em que as crianças e jovens usam mascaras e saem às ruas, nos dias que antecedem o carnaval, dando sustos e se divertindo. Que infelizmente faleceu em 2013. 

CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR
Vídeo Fotos da Ilha - Qualidade HD


Publicidades